Uma direcção. As horas a passar. O nascer-do-sol. Uma árvore frondosa. Um sorriso espontâneo. Uma janela aberta para ver o mundo girar.
Não só ver. Participar. Contribuir. Girar com ele. Porque o mundo não pára e a vida também não.

A direction. The sunrise over the ocean. A leafy tree. A spontaneous smile. An open window to see the world turning. Not just see.
To participate. To contribute. To turn in the same direction. Because the world keeps turning and so does life.

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Morrer por não querer comer...

Uma das  principais notícias de hoje foi o anúncio da morte da modelo francesa Isabelle Caro, conhecida pelas fotos da campanha contra a anorexia que chocou o mundo em 2007. Fotos de uma Isabelle sem brilho no olhar, com a pele rugosa e baça de onde se notavam todos os ossos do seu corpo. Chocante, sem dúvida, e só apetece virar a cara. Um verdadeiro paradoxo se pensarmos que há tantas pessoas que sofrem por não ter nada para comer e outras que morrem devido à fome não porque não tenham comida mas porque se recusam a comer. Não estou a julgar, sei por experiência que a anorexia é uma doença no verdadeiro sentido do termo, que distorce a realidade e a imagem que uma pessoa tem de si própria até ao extremo. Biologicamente, quando se deixa de ingerir determinados nutrientes, depois quando se volta a ingeri-los o corpo tem mais dificuldade em assimilá-los e em transformá-los na energia útil que o organismo precisa. Há muitas variáveis físicas e psicológicas que tornam a anorexia - e doenças afins, tão difíceis de tratar. Não creio que Isabelle não quisesse comer de facto ou não sentisse fome. Tenho a certeza que ela se martirizava todos os dias por não conseguir pegar num pacote de batatas fritas e comê-lo satisfeita e sem sentido de culpa. E lamento por ela. Espero apenas que a sua vida - e a sua morte - sirvam de exemplo na luta contra estas doenças.
 

http://www.publico.pt/Sociedade/modelo-francesa-isabelle-caro-morre-de-anorexia-aos-28-anos-e-31-quilos_1472962

Sem comentários:

Enviar um comentário