Uma direcção. As horas a passar. O nascer-do-sol. Uma árvore frondosa. Um sorriso espontâneo. Uma janela aberta para ver o mundo girar.
Não só ver. Participar. Contribuir. Girar com ele. Porque o mundo não pára e a vida também não.

A direction. The sunrise over the ocean. A leafy tree. A spontaneous smile. An open window to see the world turning. Not just see.
To participate. To contribute. To turn in the same direction. Because the world keeps turning and so does life.

sábado, 26 de setembro de 2009

Encantos da Puglia (leia-se Pulhia)

Alberobello

Os Trullis, casas do século XVI construídas em pedra que eram facilmente desmanteladas pelo telhado (como se o gargalo de uma garrafa se desmantelasse quando a rolha se abrisse). De cada vez que o cobrador de impostos passava, os habitantes desmanchavam (literalmente) as suas casas, evitando pagar o dízimo... acho que é a mais trabalhosa fuga aos impostos que conheço...



Locorotondo... florido e colorido


Ostuni, uma cidade ao estilo árabe

O mar Adriático

Sem comentários:

Enviar um comentário