Uma direcção. As horas a passar. O nascer-do-sol. Uma árvore frondosa. Um sorriso espontâneo. Uma janela aberta para ver o mundo girar.
Não só ver. Participar. Contribuir. Girar com ele. Porque o mundo não pára e a vida também não.

A direction. The sunrise over the ocean. A leafy tree. A spontaneous smile. An open window to see the world turning. Not just see.
To participate. To contribute. To turn in the same direction. Because the world keeps turning and so does life.

sábado, 20 de setembro de 2008

Se estás a ler este post...

... significa que eu estou numa cidade de 27 milhões de habitantes, no país do sol nascente, a comer sashimi, a ver combates de sumo e a vestir-me à gueisha, nos intervalos de um congresso internacional.

Tóquio, aqui vou eu!


1 comentário: