Uma direcção. As horas a passar. O nascer-do-sol. Uma árvore frondosa. Um sorriso espontâneo. Uma janela aberta para ver o mundo girar.
Não só ver. Participar. Contribuir. Girar com ele. Porque o mundo não pára e a vida também não.

A direction. The sunrise over the ocean. A leafy tree. A spontaneous smile. An open window to see the world turning. Not just see.
To participate. To contribute. To turn in the same direction. Because the world keeps turning and so does life.

quinta-feira, 9 de outubro de 2008

A vida move-se por ventos imprevisíveis...

... já dizia Luís Sepúlveda. E com razão. Há 3 anos atrás, a minha amiga Louise, uma chinesa com fascínio pelo Japão, enviou-me a série dos Friends com legendas em japonês, lembrando-me do pacto que fizemos de um dia lá ir. Quem diria que seria tão rápido? Quem diria que eu aprenderia a dizer "arigato gozaimas" (muito obrigado) tão cedo? Quem diria que os "chopsticks" seriam os meus únicos talheres durante uma semana - e sem nunca precisar de comer à mão? Quem diria que a gigantesca rede de metro de Tóquio seria mais fácil de utilizar do que a minúscula rede de Lisboa? Quem diria que as ruas de Tóquio seriam tão limpas sem se verem caixotes do lixo durante quilómetros? Quem diria que o sushi podia ser tão bom? Quem diria que eu iria gostar de aguardente (de arroz - saké)?

Eu agora posso dizer tudo isto e muito mais...





4 comentários:

  1. "Deixa que a tua vida dance, levemente,às bordas do Tempo, como o orvalho na ponta de uma folha."
    TAGORE, Rabindranath (Poeta hindu)

    Para a Índia

    ResponderEliminar
  2. Olá
    Espero que a tua viagem tenha corrido bem, mtos bjs

    ResponderEliminar
  3. Olá Ana,

    Foi muito bom, obrigada:) Nihon Subarashi (O Japão é fantástico, em japonês).
    Espero que esteja tudo bem contigo.
    Bjs

    ResponderEliminar
  4. A vida é como um mar. As ondas instáveis dos nossos afectos a cada momento nos agitam e sacodem. Porém, os ventos impetuosos desses afectos são necessários num oceano tão vasto.

    ResponderEliminar