Uma direcção. As horas a passar. O nascer-do-sol. Uma árvore frondosa. Um sorriso espontâneo. Uma janela aberta para ver o mundo girar.
Não só ver. Participar. Contribuir. Girar com ele. Porque o mundo não pára e a vida também não.

A direction. The sunrise over the ocean. A leafy tree. A spontaneous smile. An open window to see the world turning. Not just see.
To participate. To contribute. To turn in the same direction. Because the world keeps turning and so does life.

domingo, 26 de outubro de 2008

Andar de metro… em Tóquio!

Na primeira vez que pus os olhos no mapa do metro de Tóquio, fiquei aturdida com a quantidade de linhas e estações escritas com nomes desconhecidos. Pensei que iria ser um grande desafio andar naquela rede sem me perder. Enganei-me. Os japoneses são tão organizados e eficientes que é quase mais fácil para um estrangeiro andar no gigantesco metro em Tóquio do que nas 4 linhas de Lisboa. Em Tóquio, as estações estão identificadas pela cor da linha, pela primeira letra do nome da linha, pelo número respectivo, com nome em japonês e tradução fonética para inglês. Em cada estação, há um placar que explica qual a carruagem em que devemos entrar para depois sair mais próximo do local que queremos (pena que seja só em japonês). É um nível superior de organização e eficiência a que eu não estou habituada.
As entradas nas carruagens são extremamente ordeiras, a prioridade é para os que saem. Não vi os famosos “empurradores de passageiros profissionais”, talvez porque consegui evitar a maior hora de ponta. Os telemóveis 3G são o brinquedo preferido dos jovens japoneses, que têm estilos muito particulares tanto em roupa como no penteado.

Em Lisboa, as entradas e saídas também funcionam assim, os passageiros que saem passam primeiro, salvo algumas excepções devido a utentes apressados. Há meia dúzia de anos, na primeira vez que me mudei para Lisboa, as entradas e saídas no metro eram bem mais desalinhadas, mas nada que se compare aos comboios em Bombaim. Mas isso é outra história, que deixo para outro post…

Placar que mostra quanto custa a viagem entre as várias estações (eficiência no seu melhor)

A estação mais luminosa e bonita onde estive
Nome da estação actual, da anterior e da seguinte... just in case we get lost
Pontualidade como uma virtude, mesmo no sistema de metro

1 comentário:

  1. "Os telemóveis 3G são o brinquedo preferido dos jovens japoneses, que têm estilos muito particulares tanto em roupa como no penteado."

    LOL :)

    ResponderEliminar