Uma direcção. As horas a passar. O nascer-do-sol. Uma árvore frondosa. Um sorriso espontâneo. Uma janela aberta para ver o mundo girar.
Não só ver. Participar. Contribuir. Girar com ele. Porque o mundo não pára e a vida também não.

A direction. The sunrise over the ocean. A leafy tree. A spontaneous smile. An open window to see the world turning. Not just see.
To participate. To contribute. To turn in the same direction. Because the world keeps turning and so does life.

quinta-feira, 28 de abril de 2011

Momentos felinos

As três mulheres estão sentadas no sofá a ver um filme. Numa das pontas do sofá, Mikas, a gata da casa, olha as mulheres e pensa:

-"A minha dona está na outra ponta do sofá e apetece-me ir ter com ela."

Mikas levanta-se docemente, põe uma pata em cima da perna de uma das mulheres, a outra pata na outra perna e caminha orgulhosa por cima das visitas até chegar à dona. As visitas permanecem quietas e entreolham-se embasbacadas enquanto Mikas pensa:

-"Não quero saber se vocês não gostam de mim. Este é o meu território e eu passo por onde eu quiser".

Mikas dá as boas noites à dona e permanece 10 minutos enroscada ao lado dela. Depois, levanta-se calmamente e volta a fazer o mesmo circuito, por cima das visitas. Não há limites humanos no território de um gato.

1 comentário:

  1. A Mikas é um espectáculo e estou cheio de saudades dela :)

    ResponderEliminar