Uma direcção. As horas a passar. O nascer-do-sol. Uma árvore frondosa. Um sorriso espontâneo. Uma janela aberta para ver o mundo girar.
Não só ver. Participar. Contribuir. Girar com ele. Porque o mundo não pára e a vida também não.

A direction. The sunrise over the ocean. A leafy tree. A spontaneous smile. An open window to see the world turning. Not just see.
To participate. To contribute. To turn in the same direction. Because the world keeps turning and so does life.

terça-feira, 19 de agosto de 2008

"Helper of Humanity"

Em grego, o meu nome significa “ajudante da humanidade”. Se calhar a escolha do meu nome não foi por acaso. Aprendi a gostar dele, mesmo sendo muito pouco original. Este nome estava destinado à rapariga que devia ter sido o meu irmão mais velho, não tivesse ele enganado a minha mãe e saído um rapaz. Quando chegou a minha vez, a minha mãe pensava que eu seria igualmente um rapaz, como se fosse um castigo por não ter tido a menina primeiro, não teria nenhuma. Outro engano. Apareci eu, no Dia das Mentiras. Mas um nome diferente para menina ficou por escolher e acabei por ser registada com o “Sandra Isabel” que pertencia ao meu irmão, graças ao meu pai que me registou antes da minha mãe sair do hospital e antes dela ter tempo e paciência para escolher outro nome.
Finda a aventura do meu nome, começa a saga da minha vida. Será que estou destinada a fazer algo que ajude a humanidade?

This is the meaning of my name in Greek. Am I destined to do something that helps mankind? Just a thought, now that I'm on holidays and I have nothing better to do...

2 comentários:

  1. A tua amizade já é uma ajuda para a humanidade, pelo menos a pequena parte que tem a sorte de a partilhar.
    :)

    ResponderEliminar